Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

sem papas na língua

neste blogue digo o que fica por dizer nos outros lugares.

sem papas na língua

neste blogue digo o que fica por dizer nos outros lugares.

30.10.20

a dormir descaradamente

Ana de Deus

pois. diz a minha mãe que dormi uma horita sentada à secretária com a cadeira inclinada para trás, apoiada na parede, e as pernas esticadas em cima de uma cadeira para esse efeito. diz ela que eu estava a ressonar e com falhas na respiração. ainda ponderou se me acordava para eu me deitar, mas concluiu que, como eu estava apoiada, não havia hipótese de cair e então deixou-me estar. pois. eu não sei de nada. nem sequer tenho consciência de ter acordado.

29.10.20

um homem acaba de dar à luz

Ana de Deus

há uma semana que as luzes do prédio onde vivo deixaram de funcionar. finalmente hoje veio cá alguém que percebe do assunto. quando voltei do supermercado perguntei-lhe: já há luz? e ele respondeu: já. um homem deu à luz. e eu retorqui: aleluia. (pelo tempo de espera)

felizmente, o elevador nunca deixou de funcionar.

28.10.20

estragaram-se as papas

Ana de Deus

há um mês que a minha médica de família continua sem dar notícias, mas a minha psiquiatra é impecável e sublinhando que esta não é a sua especialidade, disse-me o que sabe ver nas análises. resultado: estou com anemia e com as hormonas todas com valores alterados e não estou em pré-menopausa, nem tenho diabetes. voltei a deixar recado à minha médica de família a pedir-lhe que agende uma consulta. pelo sim, pelo não, já que me inscrevi nos socorros mútuos, marquei consulta para onze de dezembro na endocrinologista da liga das associações mutualistas.

Pág. 1/2